Bancada ruralista quer alterar a Lei do Descanso

A Lei do Descanso (12.619) ainda não completou nem 12 meses de existência e já pode sofrer alterações. Em um ano onde a safra de grãos bate recorde e caminhões fazem fila nos portos brasileiros, a bancada ruralista da Câmara dos Deputados quer montar uma comissão para propor mudanças na lei.

O grupo deve ser presidido e relatado por membros da bancada ruralista e deve propor a diminuição do intervalo entre as jornadas de trabalho. Atualmente, a lei 12.619 determina que os condutores devem fazer pausa de trinta minutos a cada quatro horas na estrada e o descanso entre dois dias de trabalho deve ser de onze horas.

Os ruralistas culpam a Lei do Descanso pelo aumento no preço do frete. Em estados como Mato Grosso e Paraná, o preço do serviço aumentou entre 30% e 50% em relação à safra anterior.

Fonte: http://blogcaminhao.mercedes-benz.com.br/